Faça o seu PEDIDO DE MÚSICA

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando Agora:

COMPREENDENDO O JEJUM - Luciano Subirá

Texto Base: Mateus 6:16-18 A palavra grega traduzida como jejuar é “nesteuo” e significa: “abster-se de comida e bebida como exercício religioso”. Embora a sua maior aplicação bíblica envolva o alimento, o jejum pode envolver outros prazeres lícitos (1 Co 7:5). Há algumas lições básicas no ensino de Jesus: Ele esperava que jejuássemos, a forma como fazemos (certo ou errado) determina os resultados (Is 58:3-9) e para fazer de forma correta precisamos entender. 1) A EXPECTATIVA DIVINA ➔ É uma expectativa divina. Jesus disse QUANDO e não SE – Mt 6:16 ➔ Deveria ser parte de nossa devoção a Deus – At 13:1-2 ➔ Há benefícios espirituais e naturais por trás dessa prática 2) ATITUDES CERTAS E ERRADAS NO JEJUM ➔ O jeito errado nos roubará os resultados – Mt 6:1 ➔ A razão primária do jejum: mortificar a carne; afligir a alma e liberar o espírito ➔ Como consequências do jejum teremos: maior percepção das coisas espirituais (At 13:2) e maior consciência e expressão da fé e autoridade (Mt 17:19-21) 3) COMO DEVE SER O JEJUM? ➔ Há diferentes tipos de jejum: ● normal – só água (Lucas 4:2) ● parcial – restrições específicas (Daniel 1:12) ● total – abstinência de alimento e de água máximo de 3 dias (Ester 4:16) ➔ A duração do jejum também pode variar, veja alguns exemplos bíblicos: 1 dia (Lv 16:29), 3 dias (At 9:9), 7 dias (1 Sm 31:13), 14 dias (At 27:33), 21 dias (Dn 10:3), 40 dias (Lc 4:1-2) A prática nos ensinará e treinará. Descubra seus limites e respeite seu corpo. --- Participe de forma ativa do nosso ministério: www.orvalho.com/cooperadores #lucianosubira #orvalho.com #destileapalavra #pregações #mensagensbiblicas